quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Hoje acordei meio Amy Winehouse


Ela acordou de manhã cedo, mal tinha levantado e já acendeu um cigarro.
- Puta que pariu! Eu odeio acordar cedo! – berrou a moça em alto e bom tom.
O gato subiu em cima da cama e tentou socializar, ela apenas jogou o pobre bichano longe.
- Sai daqui porra!
Saiu tropeçando na bagunça de seu apartamento mobiliado por caixas e mais caixas vazias de pizza, latinhas de cerveja Bohemia e umas tantas outras garrafas de whisky, vinho, até mesmo garrafas de refrigerante pela metade, morno e sem gás.
Na cozinha, louças acumuladas na pia. Ela encontrou um dose de whisky na geladeira. Tomou a metade e o resto fez um gargarejo.
Pegou seu carro. Cantando pneus e fazendo zigue-zague pela ruas, foi em direção ao trabalho.
Não rendeu nada, parecia mesmo que hoje não era seu dia, uma besteira atrás da outra, e lá vinha um cigarro e um grito:
- Porra!!!
Foi dar uma volta para espairecer e um dos funcionários da empresa veio lhe pedir que escrevesse uma nota dedicada ao Natal. Ela nem se intimidou:
- Foda-se o Natal! – escreveu em letras garrafais.
Tentou voltar ao trabalho e nada continuava a dar certo, não conseguia produzir. Fumava um cigarro atrás do outro na tentativa de aliviar a tensão.
Para piorar a situação vinha um e outro lhe pedir uma coisa e outra, e ela não aguentava mais tanta pressão. Era muita coisa para sua cabeça sequelada.
A coisa mais sensata que ela julgou foi pegar sua bolsa, acender mais cigarro e ir embora. Talvez fosse para um boteco beber.
No banheiro ela escutou colegas comentando suas atitudes e admiradas se perguntavam o que teria acontecido com a colega. A moça, que já estava de saída, voltou ao banheiro, deu um chute na porta e sapateando, gritou, a ponto de trazer o resto dos funcionários curiosos e assustados ao recinto. Ninguém estava entendendo absolutamente nada. O que estava acontecendo, afinal?
Até que ela respirou fundo, soltou mais uma baforada de seu cigarro e disse, como se nada tivesse acontecido:
- Não aconteceu nada. Hoje acordei meio Amy Winehouse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário