segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Mulheres... Complicadas?

Afinal de contas...quem é complicada?

Se a gente se insinua , é uma mulher atirada
Se a gente fica na nossa, tá dando uma de difícil
Se a gente aceita transar no inicio do relacionamento, é uma mulher fácil
Se a gente não quer ainda, tá fazendo doce.
Se a gente põe limitações no namoro, é autoritária.
Se concorda com o que ele diz , é uma tonta , sem opinião
Se a mulher batalha por estudos e profissões, é uma ambiciosa
Se não tá nem ai pra isso, é dondoca
Se a gente adora conversar sobre política ou economia, é feminista
Se não se liga nesses assuntos é alienada
Se a mulher corre pra matar uma barata, não é feminina;
Se corre de uma barata, é uma medrosa.
Se a gente aceita tudo na cama é vagabunda
Se não aceita : é fresca
Se a mulher ganhar menos que o homem, tá querendo ser sustentada...
Se ganhar mais, tá querendo humilhá-lo
Se a gente adora roupas e cosméticos, é narcisista .
Se não gosta é sapatão , ou no mínimo desleixada...
Se sai mais cedo do trabalho, é folgada...
Se sai mais tarde, tá dando pro chefe!
Se faz hora- extra é gananciosa.
Se gosta de TV, é fútil;
Se gosta de livros, tá dando uma de intelectual.
Se a mulher quer ter cinco filhos ,é uma louca inconsequente
Mas se só quer ter um, é uma egoísta que não tem senso maternal.
Se a gente se aborrecer com certas atitudes dele, é uma mulher dominadora.
Se aceitar tudo que ele faz , é submissa
Se a gente gosta de Rock, é uma doida chapada!
Se gosta de música romântica, é brega;
Se gosta de música eletrônica é porra louca
Se a mulher usa uma mini-saia, é vulgar.
Se a saia for comprida, deve ser “crente”
Se a gente está branca, dizem prá gente pegar uma corzinha
Se tá bem bronzeada , eles dizem que preferem as mais clarinhas...
Se a gente faz uma cena de ciúme, certamente é neurótica
Mas se não faz , não sabe defender seu amor!
Se a gente fala mais alto que ele, é uma descontrolada;
Se a gente fala mais baixo, é subserviente.

PÔ!
E depois ainda dizem que mulher é que é complicada...

Give me a break!

Um comentário:

  1. Certamente se continuarmos indo nessa perspectiva a mulher levará a culpa por todos os crimes da humanidade... Pois é, elas não estão muito longe mesmo (hehehhe). Outro dia uma pessoa fez um comentário sobre Sex in the City na qual as 4 mulheres sempre acabavam irremediavemente sozinhas com suas neuroses pessoais: "Mas também assim, homem algum aguenta!" É claro que quem teceu a crítica foi uma mulher. Dessa forma parece que ha uma mulher que se salva, se essa se salva então o reino dos céus está salvo também e lá podemos encontrar um céu com 70 virgens e outros adornos psicológicos do imaginário infantil-medieval-masculino que muito está ligado a uma certa "impotência" criativa na arte da conquista. A mulher se faz de difícil mesmo? E só esta na festa? Não seria melhor pensar que na verdade buscamos nossas neuroses pessoas em outra pessoa do que em nós mesmos?
    Ir seems like a break!

    ResponderExcluir